Massagem Shantala para alívio das cólicas do bebé

Massagem Shantala para alívio das cólicas do bebé

A Enfermeira Isabel Cruz trabalha há 32 anos com grávidas, mães e pulguinhas e as massagens Shantala fazem parte das terapêuticas a que recorre para trazer bem-estar e promover o desenvolvimento das Pulguinhas.

As cólicas são uma das principais causas do desconforto dos bebés nos primeiros meses e as massagens são uma das formas mais naturais de as aliviar. Veja como.

 

 

O que é a massagem Shantala?

 

A Shantala é a massagem tradicional indiana para bebés, praticada pelas mães ou cuidadores, que consiste numa sequência de movimentos lentos mas intensos, que acariciam a pele e alongam o corpo do bebé (peito, braços, mãos, barriga, pernas, pés, costas e rosto), e que pode ser aplicada diariamente, desde o primeiro mês e até aos 9 anos de idade.

 

 

 

 

 

Que benefícios traz este tipo de massagem?

 

 

Existem vários benefícios decorrentes da massagem Shantala. A massagem shantala promove o relaxamento do bebé, activa a circulação, melhora a respiração, a imunidade, alivia as cólicas, facilita o sono do bebé, diminuindo as hormonas de stress e favorecendo a libertação da hormona de crescimento, melhora a condição da pele e estimula o vínculo entre a mãe ou o pai e o bebé, através da interação e troca de afectos e o conhecimento do corpo. À medida que se fortalece este vínculo, também se fortalece a auto-estima do bebé.

 

 

 

 O que é uma cólica?

 

A cólica é a contração espasmódica e dolorosa de uma víscera oca.
Os bebés costumam chorar bastante durante os primeiros três meses. É lógico pensar que nem todas as Pulguinhas choram pelo mesmo motivo, alguns talvez sintam dor na barriga, mas outros podem estar com fome, frio ou calor, e outros, provavelmente a maioria, precisam simplesmente de colo.

Quando se trata de dores na barriga, designa-se como cólica do lactente ou cólica do primeiro trimestre, pois inicia-se às duas ou três semanas de vida e prolonga-se até cerca dos três meses. Tipicamente, o choro acontece sobretudo à tarde, sendo a hora crítica das 18 às 22 horas. No entanto, alguns bebés têm cólicas noutros horários, podendo ocorrer mais tarde, durante a madrugada, ou em alguns casos, durarem quase vinte e quatro horas por dia.

 

 

 

 

O que fazer para evitar as cólicas?

 

Segundo Taubman (Pediatrics 1984;74:998), para tratar e/ou evitar as cólicas devem ser seguidos vários princípios.

1º - Tentar nunca deixar o bebé a chorar.

2º - Quando o bebé chora, considerar as seguintes causas:


a) O bebé tem fome e quer mamar;

b) O bebé quer mamar, mesmo sem fome;

c) O bebé quer colo;

d) O bebé está aborrecido e quer distração;

e) O bebé está cansado e quer dormir.

3º- Se, ao considerar uma das causas anteriores e após tentar solucioná-la, o bebé continuar a chorar durante mais de cinco minutos, considerar uma das outras opções.


4º- Decidir em qual ordem testar as opções possíveis.

5º- Não ter medo de superalimentar o bebé. Isso não vai acontecer.

6º- Não ter medo de estragar o bebé. Isso também não vai acontecer.

 

 

 

 

 

Há alimentos, que a mãe ingere, que podem provocar mais cólicas que outros?

 

Não existe uma dieta restrita para ao período da amamentação. Deve fazer-se uma alimentação tão diversificada quanto possível, sem a ingestão de bebidas estimulantes e álcool e que respeite a cultura de cada família.

 

 

Para ajudar a aliviar a Pulguinha no momento das cólicas estes são os passos e movimentos da massagem Shantala que importa saber:

 

 

 

 

 

 

 

Isabel Cruz, 61 anos, enfermeira pós-graduada em actividade física na gravidez e pós-parto, lecciona cursos de preparação para o parto há 19 anos e desde então que tem procurado formações com abordagem diferente da convencional, tal como a de educadora perinatal, os cursos de anatomia para o movimento de Blandine Calais-Germain e de sexualidade e parto de Naoli Vinaver. Como complemento à sua constante sede de aprender para poder dar um apoio mais completo às mulheres e aos casais, fez o curso de conselheira em aleitamento materno e também o curso de reflexologia na gravidez. Apoia mais de 300 mulheres por ano, entre cursos de preparação para o parto e acompanhamento pós-parto.

Contactos:

mail: geral@prepar.pt
tlf: 914028572
site: prepar.pt
facebook: https://www.facebook.com/Preparcascais/

 

 

 

Saiba mais sobre as cólicas dos bebés e como as evitar, aqui.

https://pulguinhas.pt/smartblog/Por-que-chora-a-Pulguinha-.html

 

https://pulguinhas.pt/smartblog/O-que-fazer-para-acalmar-o-beb%C3%A9-.html

 

Deixe o seu comentário

Todos os campos são obrigatórios

Nome:
E-mail: (Não público)
Comentário:
Type Code

Categorias do Blog

Artigos populares

Artigos recentes

Procurar no Blog

Arquivo do Blog