Tudo sobre o Sling Casulo

Tudo sobre o Sling Casulo



O Sing Casulo é o mais recente modelo de Slings Pulguinhas. Desenvolvido em parceria com uma equipa de Enfermeiras do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central, Maternidade Alfredo da Costa, Cristina Madruga, Susana Bernardo, Susana Domingos, a Pulguinhas e o Rotary Clube Lisboa.

Este modelo de porta-bebés, foi desenvolvido no âmbito da promoção da segurança do recém-nascido e da mãe, respondendo ao repto lançado pela OMS, que consagrou o ano de 2021 à saúde da mulher e da criança, sob o lema “Cuidados Maternos e Neonatais Seguros", inserido na campanha "Agir Agora para um Parto Seguro e Respeitador".

Foi assim que, este projeto do Sling Casulo, começou por ser uma experiência piloto, levada a cabo junto das parturientes da MAC. O sucesso da iniciativa foi tanto que recebemos pedidos de outras famílias para poderem ter também a experiência deste colo noutras maternidades do país.



O que é o Sling Casulo?



O Sling Casulo é um modelo de baby-wearing, mas não é um porta-bebés. Este Sling é vestido à grávida quando chega ao hospital para receber o seu bebé e está com ela durante o trabalho de parto, resguardando e dando mais conforto àquela que é muitas vezes uma situação que deixa a mulher desconfortável por excesso de exposição física. Com o Sling vestido, as batas que resguardam pouco, deixam de ser um fator de desconforto.

Assim que nasce o bebé, os profissionais que acompanham o parto, colocam-no aninhado dentro do Sling, em contacto direto de pele com pele com a mãe.






Quando se utiliza o Sling Casulo?


O Sling Casulo está presente no primeiro colo de todos, e é provavelmente o mais marcante.
O Sling é utilizado naquele momento em que, depois de 9 meses de espera, temos finalmente o nosso bebé nos braços. Já por si este seria um momento incrível, mas com este Sling garantimos que é mesmo de pele com pele e que pode ser mais demorado e mais seguro.
 
É perceber que estamos a trazer mais amor a este momento, que a mãe tem ajuda para dar de mamar e dar muito colo, mesmo que esteja mais cansada ou mais frágil. Este Sling ajuda a que o bebé se sinta acolhido, amado e que perceba que mesmo que tenha mudado o mundo inteiro à sua volta, continua a estar tudo bem.



Porque é que o contacto de pele com pele é tão importante?




Está provado que o contacto de pele com pele é essencial para que a mãe liberte hormonas fundamentais para o seu equilíbrio e para a formação dos laços com o bebé. Para o recém-nascido é fundamental ser acolhido neste abraço, onde reconhece o bater do coração, se sente acarinhado, aquecido e protegido.




Vantagens do Sling Casulo:



- Permite resguardar o corpo da mãe ainda antes do nascimento
- Estimula as necessárias alterações hormonais da mãe
- Permite manter o contacto de pele com pele por mais tempo
- Oferece mais segurança, já que o suporte do bebé não depende exclusivamente dos braços da mãe
- Deixa que o bebé fique aninhado mesmo quando a mãe precisa de recuperar forças
- Mantém o bebé aquecido e aconchegado pelo calor da mãe
- Permite amamentar com extrema facilidade




O que dizem as enfermeiras especialistas sobre o Sling Casulo?




Susana Domingos - Enfermeira especialista em saúde materna e obstetrícia: "O Sling Casulo é uma peça única que permite, assim que o bebé nasce, ser colocado em contacto pele a pele com a mãe, ficando todo ele envolvido, aconchegado, mantendo a temperatura e ficando quentinho."



Cristina Madruga - Enfermeira especialista em saúde materna e obstetrícia: "Dá-nos um garante do controlo de risco de queda do recém-nascido, que fica francamente diminuindo. O facto de termos mães mais tranquilas pelo facto de terem o seu bebé em cima de si, e os bebés mais tranquilos, promove efetivamente um ambiente harmonizador que acaba por passar essa energia e esse bem-estar também a nós. É altamente motivador e apelativo, a utilização deste dispositivo tão importante para a segurança, o bem-estar e a promoção de vinculação das novas famílias”.



Susana Bernardo - Enfermeira especialista em saúde materna e obstetrícia: "Para além de ser enfermeira especialista, e de ajudar muitas mulheres e bebés a terem este momento feliz, eu fui mãe recentemente, há dois meses, e tive a oportunidade de experimentar o Sling Casulo. Fui uma das primeiras pessoas a poder fazê-lo e posso dizer que foi divinal. Aquele momento em que recebemos o bebé no nosso peito foi um momento super tranquilo, cheio de ocitocina e de amor, justamente por não estar preocupada que ele pudesse cair ou que pudesse arrefecer, porque o Sling o mantinha junto a mim, quente e evitava que ele escorregasse ou caísse. Foi um momento óptimo para mim. Para além disso, antes de ter o meu parto, eu estive a induzir o parto, portanto foi uma forma de eu manter o meu corpo menos exposto, porque as batas são ligeiramente abertas. Portanto foi uma óptima forma também de eu não me sentir tão exposta. Adorei e continuo a dizer que é extraordinário!"



Doutora Inês Antunes - Médica Obstetrícia e Ginecologia - “Esta iniciativa é um casamento muito feliz entre o bem-estar e o conforto das grávidas, há uma personalização e maior humanização dos cuidados e, por outro lado, também é uma mais-valia em termos dos cuidados, em termos de segurança, melhores resultados e diminuição da hemorragia pós-parto, melhores resultados neonatais. É um casamento bastante feliz entre algo que é útil e também super agradável para as nossas grávidas."  


Maria de Lourdes Oliveira - Assistente Operacional - “Acho bastante importante os Slings Casulos aqui no serviço. Está a ser muito bom para as grávidas, nomeadamente no que toca à segurança do bebé e da mãe. E os bebés que estão no Sling Casulo choram menos.”


Rita Costa - Enfermeira especialista em saúde materna e obstetrícia: "Há dois momentos de nascimento para a vida. Há um momento em que o bebé, fisicamente nasce, em que vemos o nascimento, o choro, tudo o que está envolvido. Mas também existe um nascimento para o microbiota. É muito importante que o bebé faça o contacto pele a pele para que haja “um bom implantar das sementes maternas”, ou seja das bactérias e outro microbiota materno no bebé e também o Sling permite que isso aconteça."


Catarina Fonseca - Enfermeira Generalista - "O projeto Sling Casulo veio optimizar o contato pele a pele que era uma prática já anteriormente implementada na nossa maternidade. À mãe, que acabou de dar à luz uma criança e se encontra numa situação mais frágil, permite que o bebé fique junte a si numa posição correta, segura e harmoniosa. Sim, queremos muito continuar com o Sling Casulo.”


Gabriela Neves - Enfermeira Generalista - "Para o bebé que acabou de nascer, tem o contacto permanente de pele a pele com a mãe e para nós, profissionais, permite que nos foquemos no que é essencial e temos sempre a segurança do Sling, que abraça o bebé e que o protege de tudo."



Para Rita Franco de Sousa, fundadora da Pulguinhas, o desenvolvimento deste projecto do Sling Casulo é algo de muito especial.


“O Sling Casulo é um projeto que tenho mesmo junto ao coração. Todos os slings que criamos aqui na Pulguinhas são uma forma de união das famílias e isso é muito gratificante, mas este é especial. Não é só por ser o primeiro de todos os abraços, é porque nasce de um desafio das enfermeiras @ e @ da Maternidade Alfredo da Costa.

A MAC tem um serviço de excelência, do qual eu sou testemunha e prova. Há 42 anos, foi lá que nasci. E não foi fácil. Fui prematura e cheguei a ser dada como nado morto. Mas foi graças à insistência e competência da equipa da MAC que eu regressei à vida, sobrevivi e estou aqui hoje para continuar a agradecer, em palavras e em abraços, como o do Sling Casulo.”



Vejam a entrevista completa no YouTube Pulguinhas:






A Pulguinhas e a equipa de enfermeiras especialistas da Maternidade Alfredo da Costa falam sobre a importância deste projeto com a Tânia Ribas no "A Nossa Tarde", na RTP:

ver vídeo (minuto 19): https://www.rtp.pt/play/p9748/e616714/a-nossa-tarde

Também levámos este primeiro colo ao Alô Portugal,  onde estivemos a falar sobre a importância do contacto de pele com pele. Vejam aqui a apresentação do Sling Casulo à Ana Marques e ao José Figueiras, com direito a experimentar e tudo:


 https://sic.pt/programas/aloportugal/alo-portugal-17-de-maio-parte-1/




Agora, depois do sucesso do projeto piloto na Maternidade Alfredo da Costa, podem ter também esta experiência de Sling Casulo no nascimento do vosso bebé. Descubram aqui todos os padrões e cores.

Como reconhecimento de todo o empenho e dedicação dos profissionais de enfermagem da MAC, a Pulguinhas faz reverter 5% do valor de todas as vendas a favor da Maternidade Alfredo da Costa.  



Sling Casulo, a vida começa num abraço.  




Vejam o que dizem as mães que viveram já esta experiência na Maternidade Alfredo da Costa:






O que é bom é para partilhar e por isso o colo Sling Casulo também já está a uso no Hospital Lusíadas de Lisboa




Deixe o seu comentário

Todos os campos são obrigatórios

Nome:
E-mail: (Não público)
Comentário:
Type Code

Categorias do Blog

Artigos populares

Artigos recentes

Procurar no Blog

Arquivo do Blog